Logotipo Olho no Carro

Veja como usar o aplicativo Sinesp Cidadão para consultar placas de veículos! 

Quer consultar o histórico de um veículo só pela placa? 

O que é o Sinesp Cidadão? 

A sigla Sinesp significa Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública. 

O Sinesp Cidadão é um aplicativo que foi desenvolvido pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) a pedido do Ministério da Justiça e tem como objetivo principal garantir a segurança pública. 

Por meio dele, é possível consultar e registrar informações de roubo e furto de veículos, consultar mandados de prisão, pessoas desaparecidas e procurados da Justiça. 

Além disso, as cidades que fazem parte do projeto “Em frente, Brasil” têm acesso ao módulo Participação Cidadã e podem relatar problemas relacionados à falta de infraestrutura como má iluminação pública, descarte irregular de lixo, denúncias de violência e indivíduos suspeitos. 

Como baixar esse aplicativo? 

Esse aplicativo está disponível para dispositivos do sistema Android e IOS. Clique no link correspondente para baixar: Android e IOS

Como consultar placas de veículos no aplicativo Sinesp Cidadão?

Veja como saber se um veículo é roubado pela placa! 

Para consultar placas de veículos pelo aplicativo Sinesp Cidadão siga este passo a passo: 

1 – Após baixar o aplicativo, faça o seu login ou o seu cadastro no “gov.br”. Esse cadastro deve ser feito pelo número do seu CPF. 

O cadastro no site do Governo Federal está sendo solicitado pela maioria dos órgãos públicos, com o intuito de garantir a segurança dos dados dos proprietários de veículos. 

2 – Na página principal, você deverá clicar em “Veículos” 

3 – Em seguida, você deverá inserir o número da placa e clicar em “Buscar veículo” 

Essa consulta retorna algumas informações cadastrais como marca/modelo, ano de fabricação, ano do modelo, cor, cidade/estado e os últimos números do chassi. Além disso, é possível saber se o veículo tem algum registro de roubo e furto.  

Caso seja identificado que o veículo é roubado, o Sinesp orienta que seja feita a denúncia diretamente para a polícia, pelo 190. 

Leia também: Quantidade de carros roubados no Brasil em 2020: os 10 modelos mais visados! 

Além do aplicativo Sinesp Cidadão, existem outras formas de saber se um veículo é roubado/furtado: 

Pela consulta do Detran: 

Antes de tudo, é importante lembrar que os sites do Detran não seguem nenhum padrão de serviços. Sendo assim, a consulta de roubo e furto pode não estar disponível em todos os estados brasileiros. 

Vamos mostrar agora um passo a passo de como fazer a consulta de roubo e furto no Detran São Paulo: 

1 – Acesse o site do Detran SP, clique aqui. 

2 – Na página inicial, clique em “Veículos” e, em seguida, clique em “Acesse o serviço” na área de pesquisa de débitos e restrições: 

3 – Escolha a opção veículo de terceiros: 

4 – Clique na opção “Registro de roubo/furto”: 

5 – Insira o número da placa e clique em avançar: 

Por meio dessa consulta é possível ver somente se o veículo possui algum registro de roubo/furto. Para consultar informações cadastrais e da situação do veículo é necessário fazer outra consulta. 

Leia este texto e saiba mais: Consultar veículos pela placa: passo a passo da consulta da situação no Detran MG, RS, SC e PR 

Quer saber se a consulta de roubo e furto está disponível no Detran do seu estado? Basta clicar no link da sigla correspondente para acessar o site: ACALAPAMBACEDFESGOMAMTMSMGPAPBPRPEPIRJRNRSRORRSCSPSETO

Pela consulta completa da Olho no Carro: 

A consulta completa da Olho no Carro pode ser feita somente pelo número da placa e é a melhor opção de consulta para quem está negociando veículos usados e seminovos

Com ela, além das informações do histórico de roubo e furto, você poderá validar todos os dados cadastrais e saber se o veículo tem: 

E muito mais! 

Além de ter acesso a diversas informações exclusivas, que só a Olho no Carro tem: 

Score de leilão – Pontuação atribuída aos veículos de leilão que mostra qual é a possível origem do veículo, a porcentagem de perda no valor de tabela e a probabilidade de que seja exigida uma vistoria especial no momento da contratação de um seguro. Saiba mais! 

Informações Fipe – Variação do preço do veículo na tabela FIPE, desde a sua fabricação até os últimos 6 e 12 meses. Clique aqui e saiba mais! 

Fica técnica e custo das peças básicas – Informações sobre consumo de combustível, aceleração, motorização e dimensão, além do preço das peças básicas do veículo, que precisam ser trocadas com mais frequência, como farol, lanternas e filtro de combustível. Veja mais detalhes clicando aqui! 

Quantidade de ex-proprietários – Quantos proprietários o veículo já teve e quantos deles são Pessoas Físicas e Jurídicas. Saiba mais! 

Risco de recusa em comercialização e aceitação em seguros – Qual é a chance de o veículo não ser aceito em negociações ou pelas seguradoras. Clique aqui e saiba mais! 

Quer fazer a consulta completa agora e garantir a melhor compra de um veículo usado ou seminovo? 

Por que é importante saber se um veículo é roubado/furtado antes de comprar? 

Os veículos roubados ou furtados que já foram devolvidos aos seus donos, ficam com esse registro e perdem boa parte do seu valor de mercado (cerca de 30%). Sendo assim, você pode negociar esses veículos por um valor bem abaixo do encontrado na Tabela FIPE

Mas, caso o veículo esteja com uma restrição de roubo e furto ativa, é melhor evitar a compra! 

Os veículos que têm essa restrição, ainda não foram recuperados pelo dono, por isso, caso você compre, além de ter prejuízos financeiros, terá que provar que não foi o autor do roubo/furto do veículo. 

Leia também: Como fazer a consulta de placa completa? Veja aqui!