Logotipo Olho no Carro

Não é fácil saber qual é o melhor carro para comprar, não é mesmo? Mas, neste texto, você vai ver quais são os fatores que influenciam nesse tipo de compra e entenderá se é melhor comprar um seminovo básico ou usado completo.

A escolha entre um carro seminovo básico ou usado completo deve ser feita com base em alguns critérios, levando em consideração o que é mais relevante para você. Entre esses critérios estão conforto, desempenho na estrada, manutenção, revenda e segurança. Saiba mais!

Mas, antes de saber se é melhor comprar um carro seminovo básico ou usado completo:

Veja quais são os cuidados que você deve ter durante a negociação de carros usados e seminovos!

1 – Preste atenção no anúncio

Pelo anúncio do carro já é possível ter noção da procedência do veículo e das condições de uso.

Preste atenção nas fotos, na forma como o anúncio foi escrito e até mesmo na forma como o vendedor conduz a negociação. Se algo parecer confuso ou estranho, é melhor não arriscar.

Dica: desconfie de vendedores que só elogiam o veículo e nunca encontram nenhum defeito. Nenhum carro é perfeito, sempre existe algo para ser melhorado. Quanto mais honesto o vendedor for, melhor será a negociação.

2 – Faça avaliação e Test Drive

Atualmente, muitas pessoas estão preferindo comprar veículos sem ter nenhum tipo de contato com o vendedor e até abrem mão da avaliação e do Test Drive, mas isso é arriscado.

Por mais que o carro pareça estar impecável por fotos e vídeos, é somente por meio da avaliação e do Test Drive que será possível identificar problemas mecânicos e avarias.

Além disso, o Test Drive é importante para testar a posição de dirigir, a suspensão, os freios e o conforto a bordo.

3 – Consulte o histórico completo do veículo

Essa talvez é a dica mais importante para quem pretende comprar carros usados e seminovos.

Isso porque, esse tipo de veículo pode ter diversos problemas no histórico como roubo e furto, leilão, gravame, débitos, multas e recall, e boa parte desses problemas não podem ser identificados em consultas como as do Detran, por exemplo.

Então, a melhor forma de se proteger e evitar golpes e problemas, é por meio da consulta completa do histórico do veículo!

Qual é a diferença entre um carro usado e seminovo?

Basicamente, a diferença entre os carros seminovos e usados é o tempo de uso e a quilometragem.

São considerados carros seminovos aqueles que têm até 3 anos de uso, até 20 mil km rodados e que tiveram somente um dono. Então, todos os carros que não se encaixam em algum desses critérios, são considerados usados.

Leia também: Qual é a melhor época para comprar carros usados e seminovos?

O que é um carro completo?

Um carro completo é aquele que tem todos os itens de série. Cada montadora tem itens de série específicos, mas no geral são: direção hidráulica/elétrica, ar-condicionado, travas e vidros elétricos, airbag, freios ABS e kit multimídia.

Sendo assim, os carros que não tem esses itens ou tem somente alguns deles, são considerados básicos. Os itens básicos, no geral, são ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos.

Seminovo básico ou usado completo? Saiba qual é melhor:

A resposta para essa pergunta depende dos seus objetivos com a compra. Veja abaixo qual carro você deveria escolher de acordo com alguns critérios:

Conforto – Escolha o usado completo

Se você levar em consideração que um carro seminovo básico terá apenas o famoso “Kit dignidade”, fica fácil entender porque o usado completo é a melhor escolha para quem não abre mão do conforto.

Procurando bem, você pode encontrar modelos com diversos equipamentos, um ar-condicionado mais potente, além de um acabamento interno mais bonito.

Desempenho na estrada – Escolha o usado completo

Pelo mesmo valor de um carro seminovo 1.0, você consegue encontrar carros usados com motorização acima de 1.4, que são mais tecnológicos e entregam um desempenho muito melhor.

Mesmo que o ano do modelo seja mais antigo, procurando bem, é possível encontrar carros em boas condições de uso, por um custo/benefício que realmente compensa.

Manutenção – Escolha o seminovo básico

Os carros usados, normalmente, tem uma quilometragem maior, e isso faz com que eles demandem manutenções mais frequentes, por causa dos desgastes naturais.

Se o custo de manutenção é relevante para você, é melhor comprar um seminovo básico.

Revenda – Escolha o seminovo básico

Como tiveram apenas um dono, os veículos seminovos têm uma taxa de desvalorização menor.

Isso porque existe menos chance deles terem se envolvido em acidentes ou situações como roubo e furto. Além de terem um custo de manutenção mais baixo.

Se você está pensando em negociar para revender, os seminovos básicos são a melhor escolha.

Segurança – Escolha o usado completo

Como dissemos anteriormente, você pode conseguir carros usados com configurações melhores do que os carros seminovos básicos.

Em casos de colisão, ter uma suspensão mais robusta e direção elétrica ou hidráulica, por exemplo, ajuda muito o motorista, e esses itens são mais facilmente encontrados nos carros usados completos.

Dica: se a segurança é um ponto importante para você, escolha modelos fabricados a partir de 2015.

A obrigatoriedade dos freios ABS e do airbag começou a valer em 2014, por isso, carros mais antigos podem não tem esses itens de série.

Leia também: TOP 7 carros usados bons e baratos.