Logotipo Olho no Carro

O polimento automotivo, também conhecido como correção de pintura, é um procedimento que serve para corrigir riscos e manchas superficiais e devolver o brilho à pintura do veículo. Quer saber como funciona e quais são os cuidados que você deve tomar ao contratar esse tipo de serviço? Nós vamos te mostrar!

Está negociando um carro usado? Quer saber como se proteger e garantir a melhor compra?

Clique no botão abaixo e saiba mais sobre a consulta de placa completa!

Leia também: Qual é o melhor momento para trocar de carro? Saiba como avaliar!

O que o polimento automotivo faz?

O polimento automotivo é um procedimento que corrige manchas e riscos superficiais na pintura do veículo. Ele é muito utilizado para renovar a pintura, devolvendo o brilho perdido com o tempo de uso.

Como é feito o polimento de carros?

Primeiramente, é feita a lavagem do veículo, para retirar todo tipo de sujeira e, em seguida, é feita a descontaminação da pintura. Para isso, é utilizado um material macio e pegajoso, chamado “clay bar”, que retém e remove os contaminantes incorporados, que não foram retirados pela lavagem ou pela descontaminação química.

Em seguida, o verniz é aplicado na máquina de polir, que é chamada de politriz e é semelhante a uma lixa. Essa lixa tem formato redondo e faz movimentos rotativos que podem ser fixos ou alternados.

Então, para finalizar, o verniz é aplicado no veículo e, com movimentos circulares, a máquina de polir é passada em todas as áreas necessárias.

Importante: quem deverá definir qual tipo de lixa será usada e qual é o tipo de verniz mais indicado para o seu carro é o profissional especializado da oficina.

Veja algumas perguntas que você pode fazer para garantir que a empresa de polimento é confiável:

1 – Vocês fazem a descontaminação da pintura?

Se a resposta for não, procure outra oficina especializada.

2 – Como essa descontaminação será feita?

Nesse caso, a resposta deverá ser: com “clay bar”. Esse é o único método conhecido para esse procedimento.

3 – Qual é o melhor verniz para o meu carro?

Se o profissional for realmente especializado, deverá saber responder essa pergunta sem dificuldade. As possibilidades de resposta são macio, médio e duro.

Fonte: Auto Papo.

Por que o polimento tira riscos?

A maioria das pinturas automotivas têm as seguintes camadas:

Primer > Tinta colorida > Verniz

Alguns fatores como as ações do tempo, lavagens malfeitas, excesso de produtos e até mesmo a secagem inadequada, fazem com que o veículo fique com riscos e manchas superficiais, que atingem a camada de verniz.

O polimento automotivo serve justamente para corrigir essas manchas e riscos superficiais, lixando a camada de verniz estragada e aplicando uma nova camada, em perfeito estado. Isso devolve o brilho para a pintura e faz com que o carro, além de ficar mais bonito, não retenha tanto o calor, refletindo melhor a luz.

Quando se deve polir um carro?

É necessário polir o carro quando forem identificados danos superficiais como riscos e manchas, que não podem ser removidos com o uso de ceras automotivas e deixam a pintura opaca (sem brilho).

Por ser um procedimento abrasivo, não deve ser feito muitas vezes durante a vida útil do carro. Alguns especialistas recomendam no máximo 3 vezes.

É importante lembrar que, caso os riscos já tenham atingido a camada de pintura, será necessário fazer outro procedimento, chamado de micro pintura. O polimento só é eficaz para danos que atingiram somente a camada de verniz.

Qual é o valor de um polimento automotivo?

O valor do serviço de polimento automotivo varia de acordo com cada empresa especializada, podendo ir de R$ 200 a R$ 350.

É importante que você procure referências dos polimentos feitos por cada empresa antes de fechar negócio. Pode parecer que pagar menos é vantagem, mas o preço baixo pode estar associado a um serviço malfeito, com produtos de qualidade inferior.

Qual é a diferença entre cristalização e polimento?

A diferença entre cristalização e polimento está no objetivo de cada procedimento. A cristalização é um processo de prevenção de riscos e manchas na pintura do carro, enquanto o polimento automotivo é feito para corrigir esse tipo de problema.

Qual é melhor, polimento ou cristalização?

Não existe um procedimento que seja melhor. A escolha dependerá da necessidade de cada veículo. Veja quais são as possibilidades:

1 – Para prevenir marcas e manchas no veículo

A cristalização é o procedimento mais recomendado, já que, nesse processo, é aplicada uma resina especial sobre a pintura do carro, que serve como um escudo químico, diminuindo a probabilidade de que ocorram danos como riscos e manchas.

2 – Para veículos com poucas marcas superficiais

O enceramento é a melhor escolha, já que não é tão abrasivo e ajuda a devolver o brilho para o veículo por determinado período.

3 – Para veículos com muitas marcas superficiais

O polimento automotivo é o procedimento mais indicado, já que esses tipos de manchas e riscos não podem ser resolvidos apenas com a aplicação da cera automotiva.

Leia também: Dicas de como lavar o carro em casa!