Logotipo Olho no Carro

Veja quais são os pequenos reparos que renovam o seu veículo usado e podem aumentar sua margem de lucro na hora da revenda!

O preço é a principal vantagem dos veículos usados em relação aos carros novos. E se o veículo estiver conservado e sem nenhuma pendência, o negócio pode ser ainda mais vantajoso!

Por outro lado, carros que já passaram por sinistros e anos de maus tratos podem carregar marcas de tais experiências. E, mesmo que tenham passado pelos famosos martelinhos de ouro, podem haver outros problemas como barulhos, cheiro ruim, estofamentos ressecados e problemas mecânicos.

Pequenos detalhes podem fazer o comprador desvalorizar seu carro no momento da negociação. Para reduzir as chances disso acontecer, veja alguns cuidados que podem ser tomados.

4 pequenos reparos que renovam o seu veículo usado!

1 – Troque as buchas e batentes da suspensão

Os barulhos na suspensão, especialmente as batidas secas, surgem quando o veículo trafega em pisos irregulares.

Nesse caso, os primeiros suspeitos são as buchas e os batentes desse sistema. Essas peças nem chegam a pesar tanto no bolso e podem variar de R$ 20 a R$ 100.

Se os ruídos persistirem, verifique outras peças: a bandeja da suspensão, as bieletas (que ficam ligadas à barra estabilizadora) e, por último, as molas e os amortecedores. Esses itens apresentam variações grandes de preço de um carro para outro.

2 – Substitua as velas e os cabos de vela do motor

Verifique se as velas de ignição estão sujas, se os cabos de vela estão rachados e como estão a bobina, os bicos injetores e, por fim, o módulo da injeção. A maioria dos casos se resolve com a troca de velas ou dos cabos de vela.

Em carros mais rodados (acima dos 50.000 km), os injetores podem estar obstruídos, mas isso é raro. De qualquer forma, a solução pode ser a limpeza dos bicos.

3 – Elimine os cheiros ruins

Abra todos os difusores de ar, ligue o ventilador ou o ar-condicionado e preste atenção no cheiro. Se sentir cheiro de bolor, ele pode ser eliminado com a troca do filtro.

Alguns odores que o motorista acha que vêm do ar-condicionado podem estar impregnados no carpete do assoalho e nos bancos.

Esse mau cheiro pode ser resultado do veículo ter enfrentado uma enchente ou de alguém ter derramado algum produto químico ou um líquido sobre o banco. Nessa situação, leve o veículo até um lava-rápido especializado e peça para limpar tecidos e carpetes com água quente.

4 – Conserte o que estiver quebrado

Alguns reparos pontuais como consertar o retrovisor e pintar o para-choque, valorizam o carro.

Muitas vezes, também ocorre de quebrar ou perder algumas peças que não comprometem o funcionamento, mas que o comprador mais detalhista pode sentir falta. Tente recuperá-las, arrumando o que estiver quebrado ou comprando peças novas.

Aproveite para checar se a espuma do banco do motorista está mais baixa que o normal. Trata-se de um problema comum e simples de reparar. Procure uma tapeçaria especializada em automóveis, que geralmente substitui a espuma por uma nova.

Você pode se interessar por estes assuntos também:

Bônus: fique atento aos cuidado no dia a dia!

Outras medidas como a limpeza interna e o polimento externo também são essenciais para uma boa apresentação do veículo ao comprador.

Verifique se todos os itens de segurança, iluminação e funcionamento geral estão funcionando adequadamente.