Logotipo Olho no Carro

Quer saber quais são as marcas de carro no Brasil que mais vendem? Então confira a nossa lista, que foi feita com base no estudo da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). 

A Fenabrave representa os distribuidores de veículos do Brasil e divulga, anualmente, uma lista de vendas de automóveis de passeio e comerciais leves. A nossa lista foi baseada no estudo feito pela entidade em 2021, de acordo com o número de emplacamentos. 

Está pensando em comprar um carro usado? Consulte o histórico! 

Não importa qual é a marca do carro que você pretende comprar, a consulta do histórico é essencial para te ajudar a evitar problemas. 

Leia também: quais são as vantagens da consulta veicular? Como ela pode me ajudar na compra de um veículo usado ou seminovo? 

Veja agora quais são as marcas de carro no Brasil que mais venderam veículos em 2021: 

1 – Fiat – 431.035 vendas 

A Fiat é, sem dúvidas, uma das maiores marcas de carro no Brasil. Ela chegou ao país em 1976 e se instalou em Betim (Minas Gerais). Ela é uma marca global da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), o sétimo maior fabricante mundial de automóveis.  

O Grupo tem unidades produtivas em 40 países e presença comercial em, aproximadamente, 150 países. A FCA é líder em vendas no mercado de automóveis e veículos comerciais leves no Brasil. 

A fábrica tem capacidade produtiva de 800 mil veículos por ano e os modelos de destaque são as caminhonetes Strada e a Toro e, entre os carros populares, o grande destaque é o Argo. 

2 – Volkswagen – 302.270 vendas 

A Volkswagen chegou ao Brasil em 1953, em um armazém na Rua do Manifesto, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. De 1953 a 1957, foram montados 2.820 veículos e, com o sucesso nas vendas, a marca anunciou o projeto de construir a primeira fábrica no Brasil. 

A produção com peças nacionais foi iniciada em 1957, quando saiu da linha de montagem da fábrica de São Bernardo do Campo (SP).  

A inauguração oficial da fábrica ocorreu somente em 1959, quando circulou – a bordo de um Fusca conversível – o então Presidente da República, Juscelino Kubistcheck.  

De lá para cá, são 63 anos de produção e inúmeros modelos consagrados como Fusca, Gol, Fox, Saveiro e, atualmente, o T-Cross. 

3 – Chevrolet – 242.108 vendas 

A Chevrolet chegou ao Brasil em 1925, época em que o país estava em pleno crescimento e cheio de interesse em novidades, devido à internacionalização do café, que “encheu os cofres” a partir de 1920. 

Passados 8 meses da fundação, a marca apresentou o seu primeiro veículo e nunca mais parou de produzir. 

Ao longo da história, vários modelos se destacaram como Chevette, Opala, Corsa e, atualmente, Onix e Tracker. 

4 – Hyundai – 184.284 vendas 

A Hyundai chegou oficialmente ao Brasil em 2011, no município de Piracicaba.

Na área da fábrica, fica o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Hyundai Motor Group no hemisfério sul, além de três fornecedores: Hyundai Steel, Hyundai Mobis e Hyundai Dymos, e de uma pista de testes de 3 quilômetros de extensão, onde 100% dos carros produzidos são testados. 

O modelo mais consagrado da Hyundai é, sem dúvidas, o HB20, mas a marca também se destaca com o Creta, o Tucson e o Azera. 

Leia também: carros 1.0 mais vendidos em fevereiro de 2022! 

5 – Toyota – 172.945 vendas 

Em 1959, a Toyota iniciou as atividades como montadora de veículos, após a instalação da primeira fábrica brasileira, no bairro do Ipiranga. 

Em 1962, foi transferida para São Bernardo do Campo (SP) e se tornou uma das únicas fábricas do mundo a manter todas as operações industriais realizadas pela própria empresa, permitindo, durante quase quatro décadas de produção, o controle completo de todos os processos, garantindo a qualidade final do produto. 

Entre os modelos mais consagrados da Toyota, podemos citar Corolla, Hilux, SW4 e Yaris. 

6 – Jeep – 148.763 vendas 

A história da Jeep começou na época da Segunda Guerra Mundial, quando o exército dos EUA assinou um contrato com a Willys-Overland para ser a principal fornecedora de um veículo leve de reconhecimento, que já era conhecido internamente pelo apelido de Jeep.  

Após o final da Guerra, o pequeno 4×4 militar passou a ser vendido para o público civil, e fez tanto sucesso, que a marca Jeep virou um sinônimo de veículo com alta capacidade off-road. 

Nos anos 50, mais precisamente em 1957, a Jeep chegou ao Brasil para produzir o CJ-5, já contando com 65% de nacionalização. Mas, 1982 foi o último da produção brasileira de um modelo Jeep (no caso, o CJ-5), antes do retorno em 2015, com o Renegade.  

Entre os anos de 1987 e 2015, os carros da Jeep chegavam ao Brasil por meio da importação oficial. 

Atualmente, os modelos mais vendidos por essa marca, no nosso país, são o Renegade e o Compass. 

7 – Renault – 127.592 vendas 

A Renault iniciou as suas atividades no Brasil em 1998, no Complexo Ayrton Senna, que fica em São José dos Pinhais, no Paraná. 

São quatro unidades industriais: uma para carros de passeio, uma dedicada a utilitários, uma de motores e uma especializada em injeção de alumínio.  

Depois de iniciar operações comerciais, em 1995, com os modelos 19 e 21 importados da Argentina, a Renault passou a fabricar no Brasil o Clio, o Scénic e o furgão Master.  

Atualmente, os carros mais conhecidos dessa marca são Kwid, Sandero, Duster e Captur. 

8 – Honda – 81.446 vendas 

A Honda chegou ao Brasil em 1971, no bairro da Pompeia, em São Paulo/SP. Com a fundação da Honda Motor do Brasil Ltda, foram iniciadas as importações de motocicletas da marca para o território brasileiro e esse foi o ponto de partida para que elas se popularizassem no país. 

Em 1992, chegou ao porto de Santos-SP o primeiro carro importado pela Honda Automóveis do Brasil Ltda: um Honda Accord! Pouco tempo depois, outros modelos como Civic, Odyssey e Prelude também vieram.  

Em 2013, a Honda iniciou a construção da sua primeira fábrica no Brasil, em Itirapina/SP. 

Atualmente, a marca é líder de vendas com quase todas as suas motos, em especial as CG 160, e os carros mais conhecidos são o Civic, o Fit e o HR-V. 

9 – Nissan – 64.929 vendas 

A primeira operação industrial da Nissan, no Brasil, foi inaugurada em 2001. A fábrica de veículos comerciais foi instalada no país para produzir modelos da Renault e da Nissan, em São José dos Pinhais, no Paraná, dentro do Complexo Industrial Ayrton Senna da sócia Renault. 

Essa foi a primeira fábrica comum da Aliança Renault-Nissan no mundo e passou a produzir, a partir de 2002, a picape Nissan Frontier, que foi seguida, em 2009, de outros modelos, como Livina, Livina X-Gear e Grand Livina. A linha paranaense produziu modelos da marca japonesa até 2016. 

Atualmente, os modelos mais conhecidos da Nissan são o Leaf e o Versa. 

10 – Caoa Chery – 39.747 vendas 

Mesmo que esteja longe de ser uma das principais marcas de carro no Brasil, a Caoa tem ganhado espaço nos últimos anos, principalmente com os modelos da Chery.

Em 1979, Carlos Alberto (Dr. Caoa) havia comprado um Ford Landau de uma concessionária em Campina Grande (PB), mas a loja foi à falência antes da entrega do carro. Diante dessa situação, Carlos se dispôs a comprar os ativos da concessionária falida, o que deu início à história do Grupo Caoa.  

Em 1992, foi identificada uma oportunidade de expansão, com a reabertura das importações, e a Caoa trouxe, oficialmente, veículos da marca Renault para o mercado brasileiro. Já em 1993, o Grupo Caoa era o maior distribuidor de veículos Ford do Brasil e ao longo da história, atuou com a importação de carros da Hyundai e também do Subaru. 

Hoje, a Caoa Chery produz alguns modelos da Hyundai (em Anápolis), além da linha de SUVs Tiggo 5x, Tiggo 7 e Tiggo 8 da Chery.  

Leia também: as 10 montadoras que mais venderam em fevereiro de 2022!