Logotipo Olho no Carro

O Fiat Mobi é um modelo inédito da montadora, totalmente desenvolvido no Brasil, e pensado para o nosso mercado. Ele foi criado para atuar no segmento dos subcompactos, que foi inaugurado em 2014 pelo Volkswagen up! e que não possuía outros concorrentes até então.  

Além disso, o Mobi também deveria substituir as versões mais baratas do veterano Uno, o que nunca aconteceu na prática por conta das boas médias de vendas do irmão maior. Neste artigo, vamos conhecê-lo em detalhes, além de analisar seus principais pontos fortes e fracos. 

Não compre um Fiat Mobi usado sem consultar o histórico!

Carros usados podem ter diversos problemas como batidas, passagem por leilão, roubo e furto, débitos, multas e restrições.

A consulta veicular é a forma mais fácil de identificar esses problemas e acertar na compra!

Design 

As linhas do Fiat Mobi deixam bem clara a relação que existe entre ele e a segunda geração do Uno, modelo do qual ele é derivado direto.  

Ainda assim, o desenho do subcompacto pode ser encarado como uma releitura da filosofia de design aplicada no Uno atual, pois mescla elementos dele com alguns toques de personalidade própria e até mesmo soluções que deveriam ter sido aplicadas nos rivais. Um bom exemplo disso, é a tampa do porta-malas feita totalmente de vidro, uma característica original do Volkswagen up! vendido na Europa, que ficou de fora do modelo brasileiro. 

A dianteira do Mobi traz grandes faróis de refletor único bifocal e acabamento por máscara negra, independentemente da versão, sendo interligados pela grade central e se prolongando até os para-lamas para um aspecto ligeiramente mais agressivo.  

O para-choque traz detalhes em preto com locais dedicados aos faróis de neblina e iniciam os fortes contornos dos para-lamas dianteiros.  

De lado, as janelas são estreitas e as portas trazem mais vincos marcantes, sendo que a traseira se interliga com o pequeno para-lamas e o grande para-choque traseiro. As lanternas se dividem entre detalhes vermelhos e incolores, finalizadas por um aplique vertical em preto brilhante, que dá continuidade à tampa do porta-malas, que é toda em vidro, independentemente da versão. 

Mecânica 

O Fiat Mobi é montado sobre a mesma plataforma da segunda geração do Uno e conta com os mesmos motores flex aspirados e transmissões oferecidos nesse modelo.

O primeiro e mais utilizado deles é o 1.0 da família Fire, de quatro cilindros, capaz de gerar até 75 cv e 9,9 kgfm, disponível unicamente com câmbio manual de cinco marchas. 

Já o outro motor também é um 1.0, mas da família Firefly com três cilindros, capaz de gerar até 77 cv e 10,9 kgfm e podendo ser aliado a uma transmissão manual de cinco marchas ou automatizada Dualogic/GSR de embreagem única e cinco marchas.  

Atualmente, o motor Firefly e a transmissão automatizada saíram de cena, deixando o Fire e a transmissão manual como únicas opções de conjunto mecânico para o Mobi. 

Interior 

Internamente, o Mobi trouxe uma versão menos caprichada da cabine do Uno, mantendo o mesmo layout básico e a mesma disposição de todos os elementos: saídas de ar, comandos, apliques, entre outros fatores.  

O cluster de instrumentos também é o mesmo, embora traga uma tela de computador de bordo menos sofisticada do que a peça presente nos Unos mais equipados. 

Por algum tempo, a Fiat ofereceu uma solução midiática inusitada e única na categoria, mas que não foi bem aceita pelo público e não durou muito tempo: ao invés de trazer uma central multimídia convencional, o proprietário/condutor podia acoplar seu smartphone a um suporte dedicado e conectar através de um cabo para usar seu aparelho como a central multimídia do veículo. A falta de praticidade aliada a outros fatores fez a ideia ser abandonada. 

Tecnologia 

Pensado para ser o produto mais barato da marca, o Mobi chegou com uma lista de equipamentos extremamente elementar.  

A versão de entrada, por exemplo, deixava de fora alguns itens básicos para o cenário atual: 
  • Ar-condicionado; 
  • Limpador e desembaçador traseiro; 
  • Travas elétricas; 
  • Direção assistida, entre outros.  

Ainda assim, alguns deles eram oferecidos como opcionais. 

Já os Mobi mais equipados ofereciam: 
  • Retrovisores com ajustes elétricos; 
  • Faróis de neblina, computador de bordo multifuncional; 
  • Sensores traseiros de estacionamento; 
  • Volante com comandos de rádio; 
  • Comandos internos de abertura do bocal de abastecimento e porta-malas, entre outros.  

Além disso, o Mobi chegou a ter versões nunca oferecidas para o Uno, como a “pseudo aventureira” Trekking. 

Você pode se interessar por estes assuntos também:

Principais pontos fortes 

Porte:  

O Fiat Mobi é um carro muito pequeno, inclusive dentro do seu próprio segmento. Isso não pode ser considerado um ponto forte em um primeiro momento, mas faz dele um veículo extremamente manobrável e fácil de ser conduzido em qualquer circunstância, também sendo fácil de estacionar e de se mover pelos lotados centros urbanos. É o tipo de modelo para quem roda prioritariamente na cidade. 

Direção:  

Ser derivado do Uno de segunda geração é algo positivo, pois significa que o Mobi é tão agradável de dirigir quanto seu irmão mais velho. É um modelo que pode ser guiado por horas sem gerar cansaço. 

Preço:  

Você quer um carro mais novo e não quer ou não pode gastar muito dinheiro com isso? Então o Mobi pode ser a opção certa para você. É um dos carros mais baratos e mais novos que o dinheiro pode comprar, atualmente. 

Principais pontos fracos 

Espaço:  

Dono do menor entre-eixos e porta-malas do segmento, o Fiat Mobi deve ser evitado por quem precisa de espaço para mais do que dois adultos. É um dos menores carros do Brasil, se não o menor, o que o torna inviável como opção para a maioria das famílias. 

Segurança:  

No único crash test que o Mobi fez desde seu lançamento, realizado pelo Latin NCAP, a nota final foi de uma estrela de cinco possíveis.  

Um resultado tão baixo sinaliza duas coisas – que não há recursos de segurança suficientes e que a estrutura não é das melhores. A linha 2023 recebeu a opção dos controles de tração e estabilidade, mas não sofreu alterações na estrutura. Se esse for um tópico importante para você, desconsidere esse modelo. 

Mecânica: 

O motor mais barato a equipar o Mobi também é o mais antigo. Ninguém entendeu o que levou a montadora a tirar o Firefly da gama de opções do subcompacto, mas todo mundo concorda não ter sido a melhor decisão.  

O Fire é pior tanto em desempenho quanto em economia e, para piorar, o Mobi ainda é um carro pesado, beirando os 1.000kg independentemente da versão. Se esse peso se traduzisse em uma estrutura bem construída (como é o caso do Volkswagen up!) poderia ser relevado, mas não é o caso. O Mobi pesa muito mais do que o Renault Kwid, seu outro rival direto, e não é mais seguro ou melhor construído do que ele para justificar. 

Saiba mais sobre o Fiat Mobi neste vídeo:

Principais concorrentes diretos 

Volkswagen up! 

Renault Kwid 

Saiba mais sobre o Fiat Mobi neste vídeo:

Histórico de versões 

2016/2017 – Easy, Easy On, Like, Like On, Way, Way On – Modelo de lançamento. 
2017/2018 – Easy, Like, Way e Drive – Linha 2018. 

Reposicionamentos: 

  • Retirada das derivações On das versões; 
  • Acréscimo da versão Drive; 
  • Acréscimo da transmissão automatizada GSR (Dualogic). 
2018/2019 – Easy, Easy Comfort, Like, Way e Drive – Linha 2019. 

Reposicionamentos: 

  • Acréscimo da versão Easy Comfort. 
2019/2020 – Easy, Easy Comfort, Like, Way e Drive – Linha 2020. 
2020/2021 – Easy, Like e Trekking – Linha 2021. 

Reposicionamentos: 

  • Retirada das versões Easy Comfort, Way e Drive; 
  • Retirada do motor 1.0 Firefly e da transmissão automatizada GSR. 

Novidades – Todas as versões: 

  • Novos emblemas Fiat e Fiat Flag na dianteira. 

Versão Like: 

  • Novo para-choque dianteiro; 
  • Molduras plásticas nos para-lamas. 
2021/2022 – Like e Trekking – Linha 2022. 

Reposicionamentos: 

Retirada da versão Easy; 

Nova calibração do motor 1.0 Fire. 

Novidades – Todas as versões: 

  • Sistema de monitoramento de pressão dos pneus; 
  • Sistema de pré-aquecimento de combustível. 
2022/2023 – Like e Trekking – Linha 2023.