Logotipo Olho no Carro

Será que vale mesmo a pena investir em um carro com direção elétrica ou hidráulica já é o suficiente para ter conforto? Se você quer saber tudo sobre esse assunto e escolher o melhor tipo de carro para você, leia este texto!

Você sabia que é possível consultar o histórico completo de qualquer veículo antes de comprar?

É fácil, rápido e só pela placa. Clique aqui e saiba mais!

Direção mecânica: entendendo o princípio de tudo!

Antes de falarmos sobre direção elétrica ou hidráulica, é importante relembrar como tudo começou.

A direção mecânica foi a primeira a ser inventada, pensada para facilitar a produção de veículos em larga escala. Esse é o sistema de transmissão mais simples de todos e depende muito da força física do motorista para funcionar.

Ele é composto por:
  • Coluna;
  • Árvore;
  • Caixa de direção;
  • Barra;
  • Braços de direção.
A direção mecânica funciona, basicamente, com a ajuda do volante e da força física do motorista para movimentar as rodas.

De forma resumida, o movimento do volante é levado até a caixa de direção por meio de uma coluna, que pode ser inteiriça ou bipartida, dependendo do ângulo de posição entre o volante e a caixa de direção.

Esse tipo de direção também pode ser de pinhão e cremalheira. Nesse caso, a barra de direção se conecta a cada extremidade da cremalheira e o pinhão é fixado na árvore da direção. Ao virar o volante, o pinhão gira e movimenta a cremalheira.

Vantagens do carro com direção mecânica:

Esse tipo de direção costuma ser mais robusta, difícil de quebrar e fácil de consertar, porém, é a mais desconfortável e exige muito esforço do motorista.

Então, se você busca conforto e facilidade na hora de manobrar o carro, a direção mecânica não é a ideal para você.

Como funciona a direção hidráulica?

A direção hidráulica, apesar de também ter uma concepção simples, tem um sistema um pouco mais elaborado do que o mecânico.

Basicamente, uma bomba hidráulica, alimentada pelo movimento de uma correia interligada ao motor, faz o fluido do sistema circular. Assim, quando o motorista gira o volante, o fluido sob pressão atua no mecanismo de direção, reduzindo a força que precisa ser empregada para movimentar o carro.

Sem sombra de dúvidas, a direção hidráulica é muito mais confortável do que a mecânica e faz com que seja muito mais fácil manobrar o veículo.

Veja quais são os principais componentes de um sistema de direção hidráulica:
  • Bomba hidráulica;
  • Fluido;
  • Válvula de rotação;
  • Tubulações;
  • Reservatório.

Conheça as vantagens da direção hidráulica:

1 – É mais confortável do que a direção mecânica – Chega a reduzir em até 80% a força necessária durante manobras e curvas;

2 – É mais barata e fácil de manter do que a direção elétrica.

Quanto custa esse tipo de direção?

Não é possível saber o valor certo da instalação de direção hidráulica em um carro. Tudo dependerá do modelo e também da empresa instaladora, que deve ser uma oficina especializada. No geral, esse valor pode variar de R$ 1 mil a R$ 2 mil.

Por que a direção hidráulica fica dura?

A direção hidráulica pode ficar pesada (dura) por dois motivos:

Mau uso do fluído de direção hidráulica

O fluído é um dos itens mais importantes do sistema de direção hidráulica e a má conservação desse fluido compromete os componentes do sistema.

O principal erro cometido é oexcesso de fluído dentro do reservatório, que leva ao entupimento do filtro. Isso deixa resíduos danificarem a bomba, causando sérios danos ao componente.

Uso incorreto do óleo

Sempre verifique o nível do óleo lubrificante para que não haja esvaziamento ou excesso:

Falta de óleo

Os carros com direção hidráulica têm um reservatório de óleo que fica localizado perto do motor. Esse óleo é aplicado no sistema e garante o funcionamento do sistema de direção. Sendo assim, quando o nível está abaixo do que é recomendado, acontece o enrijecimento da direção.

Importante: se ouvir rangidos na direção, verifique se há vazamentos de óleo.

Excesso de óleo

Quando o nível de óleo está acima do ideal, também acontece o enrijecimento da direção, mas somente de um lado. Isso acontece porque sobra pouco espaço para que o óleo possa trabalhar no sistema.

Como funciona a direção elétrica?

Esse é um tipo de direção mais confortável e moderno, que foi usado pela primeira vez no Suzuki Cervo, em 1988. 

A direção elétrica funciona mais ou menos assim:

Um pequeno motor elétrico é posicionado na barra de direção, na coluna de direção ou na cremalheira. Esse motor tem sensores que conseguem detectar o movimento feito pelo motorista no volante.

Então, eles transferem os sinais para um sistema eletrônico, que aciona a unidade elétrica e auxilia no movimento da direção, diminuindo o esforço do condutor. 

Em diversos modelos a direção elétrica é variável, podendo ficar mais “firme” (diminuindo a interferência do motor elétrico na direção) conforme a velocidade aumenta.

Quais são as principais vantagens desse tipo de direção?

1 – É praticamente livre de manutenções

A direção elétrica dificilmente dá problema, por isso é comum ouvir dizer que ela é “livre de manutenções”. Mas, vale lembrar que, caso seja necessário fazer algum conserto, ele não sairá barato.

2 – Ajuda na economia de combustível

Como o sistema de direção elétrica não depende do motor do carro para funcionar, a potência não é comprometida e, consequentemente, o gasto de combustível é menor.

3 – Não é nociva para o meio ambiente

Como nesse sistema não é necessário utilizar óleo, ele agride menos o meio ambiente.

Por que a direção elétrica fica dura?

A direção elétrica pode ficar dura (pesada) por diversos motivos:

Pressão nos pneus

A pressão inadequada dos pneus, principalmente quando está abaixo do necessário, causa o desalinhamento das rodas e isso faz com que a direção fique dura, principalmente na hora de fazer curvas.

Danos no braço da direção

O braço da direção é conectado às rodas do carro por meio de eixos e articulações em formato de “U”. Esses eixos costumam ficar desgastados, devido ao uso frequente. Então, quando acontece esse desgaste, as rodas ficam enrijecidas e, consequentemente, a direção também.

Correia/polia danificada

Assim como os eixos e articulações do braço da direção, a correia/polia também fica desgastada com o tempo, devido ao uso. Isso faz com que ela rache, causando o enrijecimento da direção.

Vazamento de fluidos

O sistema de direção elétrica precisa de um nível correto de fluido para funcionar e, muitas vezes, a área da mangueira pressurizada pode apresentar vazamentos, que esvaziam a bomba e fazem com que a roda não receba a quantidade necessária de fluido para funcionar.

Mau funcionamento da bomba

A bomba é responsável por criar a quantidade certa de pressão dentro do sistema de direção elétrica. Então, quando esse componente não funciona da forma correta, os fluidos não são enviados para as rodas, o que causa o enrijecimento.

Fluido grosso

Todos os tipos de fluido utilizados no veículo, naturalmente acumulam sujeiras conforme o uso. Isso faz com que o fluido fique mais grosso e comprometa a lubrificação das peças. Por isso, é necessário trocar os fluidos de acordo com as especificações da fabricante.

E o que é a direção eletro hidráulica?

A direção eletro hidráulica nada mais é do que a junção da direção hidráulica com a elétrica. Nesse caso, o sistema de direção conta com boa parte dos componentes da direção hidráulica, como a bomba que faz o fluido circular, para deixar o conjunto mais leve.

A diferença é que essa bomba é acionada por um motor elétrico e não pelo motor do carro, o que não gera a perda de potência no motor. 

Direção elétrica ou hidráulica, o que é melhor?

Olhando de forma isolada, as direções elétrica e eletro-hidráulica parecem ser as melhores opções, porque aliam o conforto de dirigir ao melhor desempenho do carro.  

Mas a grande verdade é que tudo depende da mecânica do carro como um todo. Não é só a direção que garante o conforto e a boa experiência do motorista.  Agora você tem várias informações para optar com mais segurança entre a direção elétrica ou hidráulica.

Leia também: Lista dos 10 veículos elétricos mais vendidos de 2021!