Logotipo Olho no Carro

Agora você pode consultar débitos e multas de qualquer veículo, de forma fácil, só pela placa, além de parcelar todos os débitos, de uma só vez, em até 12x no cartão de crédito. Saiba mais sobre a nova consulta de Débitos e Multas da Olho no Carro! 

Quer fazer a Consulta de Débitos e Multas agora mesmo? 

O que são os débitos do veículo? 

Os débitos do veículo nada mais são do que dívidas relacionadas a impostos e encargos como IPVAlicenciamento ou seguro DPVAT. Basicamente, quando o proprietário não cumpre alguma das suas obrigações anuais, ele fica com um débito.  

Como consultar o valor do IPVA 2022? 

A consulta do valor do IPVA 2022 pode ser feita pelos sites do Detran de cada estado.  

Para saber informações detalhadas sobre como fazer essa consulta na região na qual você mora, clique na sigla do seu estado para acessar o site do Detran correspondente: AC; AL; AP; AM; BA; CE; DF; ES; GO; MA; MT; MS; MG; PA; PB; PR; PE; PI; RJ; RN; RS; RO; RR; SC; SP; SE; TO

Como consultar o calendário do IPVA 2022? 

Recentemente fizemos um texto com o calendário do IPVA 2022 de todos os estados do Brasil. Clique aqui para ver! 

Saiba mais sobre o licenciamento (CRLV):

O CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo), também conhecido como licenciamento anual, é um documento de porte obrigatório, que deve ser atualizado anualmente pelo proprietário. 

Quem define os prazos e o valor a ser pago pelo licenciamento é o Detran de cada estado. Normalmente, a data de renovação é organizada de acordo com o final da placa do veículo, mas o valor é bastante variável de uma região para a outra. 

É possível circular com o documento desatualizado somente por 30 dias após a data de renovação. Se esse prazo não for cumprido, o motorista levará uma multa gravíssima, no valor de R$ 293,47, além de 7 pontos na CNH e a apreensão do veículo. 

Quer saber mais sobre o licenciamento? Clique aqui!

Quais são as multas mais caras do Brasil? 

1 – Paralisação bloqueando a via – R$ 17.608,20; 

2 – Interromper a circulação da via com o veículo – R$ 4.869; 

3 – Dirigir alcoolizado – R$ 2.943,70; 

4 – Manobras arriscadas e corridas não autorizadas – R$ 2.943,70 e, em casos reincidentes nos últimos 12 meses, de R$ 5.869,40; 

5 – Ultrapassagem proibida – R$ 1.467,35 ou R$ 2.934,70 (ultrapassagem na contramão); 

6 – Omissão de socorro – R$ 1.467,35. 

Como saber o órgão autuador de uma multa? 

Para saber qual é o órgão autuador da sua multa, verifique o cabeçalho do auto de infração, da notificação de autuação ou da notificação de penalidade de multa. Normalmente, o endereço do órgão responsável consta na notificação, assim como site. 

Como recorrer a uma multa? 

Para recorrer a multas mais simples, que não envolvam problemas judiciais, siga estas etapas: 

1 – Defesa Prévia

Essa defesa deve ser enviada para o diretor do Detran do seu estado e pode ser feita pela internet, pelos Correios ou presencialmente, em um dos Postos de Atendimento. 

2 – Recurso na JARI

Se a Defesa Prévia for recusada pelo Detran, você terá que entrar com um recurso para as Juntas Administrativas de Recursos de Infrações (JARI). Esse processo pode ser feito pela internet ou por petição e quem irá analisar o seu caso é o setor de análise do Detran. 

3 – Recurso no CETRAN

Se a JARI também não aceitar o seu pedido, há uma última alternativa, que é recorrer ao Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN). Nesse caso, você deverá enviar os documentos e formulários solicitados para o órgão que aplicou a sua multa. Clique aqui e saiba mais sobre o recurso no CETRAN do estado de SP! 

*Caso a sua infração tenha gerado questões judiciais, o processo será um pouco diferente e você dependerá da ajuda de um advogado.

Quanto tempo esse processo demora? 

O processo todo pode demorar até seis meses, devido à alta demanda de recursos recebido pelo Detran. Cada recurso enviado tem um tempo de resposta de até 60 dias. 

É possível receber o dinheiro de volta? 

Se você optou por não pagar a multa e entrou com um recurso administrativo, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) garante o seu direito de não precisar pagar a multa até que seja condenado em última instância (pelo CETRAN).  

Agora, se você já tiver feito o pagamento e for absolvido da responsabilidade pela sua infração, receberá o valor integral de volta, corrigido e com juros.  

Posso comprar veículos com débitos e multas? 

Não é recomendado comprar esses veículos se você não tiver como quitar a dívida do antigo proprietário. Isso porque, caso os débitos e multas não sejam pagos, você não poderá realizar a transferência para o seu nome. 

O que acontece, muitas vezes, é que o comprador não sabe que está comprando um carro com esse tipo de problema, por isso, é importante consultar o veículo antes de negociar. 

O que acontece se eu não pagar os débitos e multas do meu veículo? 

Se você não quitar suas dívidas, além de pagar juros, você ficará impedido de fazer o licenciamento anual. Com isso, o seu veículo ficará irregular e, caso você seja parado em uma blitz, levará uma multa gravíssima, no valor de R$ 293,47, além 7 pontos na CNH e a apreensão do veículo.

Veja como é fácil fazer a consulta de Débitos e Multas da Olho no Carro: 

1 – Acesse a página da consulta de Débitos e Multas, clique aqui

2 – Clique em “Comprar”; 

3 – Escolha a quantidade de consultas que você deseja fazer e clique em “Ir para o pagamento”; 

4 – Faça seu cadastro e siga as etapas indicadas para consultar. 

*Para fazer essa consulta, você só precisa saber o número da placa e ela é padronizada para todos os estados brasileiros. 

Veja abaixo como a informação de débitos e multas aparecerá na sua consulta: 

Ao clicar em “Mais detalhes” você poderá ver a descrição de cada débito e multa e se estão vencidos ou não. 

Caso deseje pagar os seus débitos, basta clicar em “Ver parcelamento” para ter acesso às condições de pagamento disponíveis. 

Clique aqui para ver um modelo completo da consulta de Débitos e Multas!

Existe outra forma de consultar débitos e multas de um veículo? 

Sim! É possível consultar débitos e multas pelos sites do Detran. Para isso, você deve acessar o site do Detran do estado no qual o veículo foi registrado e informar o número da placa e do Renavam/chassi. 

Como os sites do Detran não seguem nenhum padrão de serviços, a forma de consultar e as informações solicitadas variam de um estado para o outro. 

O que é Renavam? Onde encontrar o Renavam do veículo? 

O Renavam é um código de identificação que funciona como um CPF. Por meio dele, é possível saber diversas informações da situação de um veículo. 

Quer saber tudo sobre o Renavam e como encontrar essa informação no documento do veículo? Então leia este artigo: O que é Renavam? Como descobrir o Renavam pela placa? 

Veja quais são as vantagens de fazer a consulta de débitos e multas da Olho no Carro: 

1 – As consultas são padronizadas em todos os estados do Brasil; 

2 – Você pode consultar apenas pela placa, não é necessário saber o número do Renavam ou do chassi do veículo; 

3 – Além de consultar, você pode parcelar todos os débitos do veículo, de uma só vez, em até 12x no cartão de crédito. 

Clique no botão para fazer a consulta de débitos e multas só pela placa