Logotipo Olho no Carro

A embreagem é um dos sistemas mais acionados do carro e muitas vezes, além de ser esquecida, ela não é usada da forma correta. Os vícios no uso costumam ocasionar na troca prematura dessa peça automotiva, por isso, vamos te explicar como cuidar da embreagem, que é uma peça tão fundamental para o funcionamento do seu carro.

A vida útil da embreagem, como de outros sistemas do carro, depende dos hábitos do proprietário, sejam eles bons ou ruins.

A embreagem conecta o motor às engrenagens ligadas às rodas. Ao acionarmos o pedal, o motor se desconecta das engrenagens e, ao soltarmos, ele se conecta de novo.

Com o tempo, essa peça sofre desgaste e endurece, e o primeiro sinal que pode ser percebido é que ela fica “mais alta”, fazendo com que o motorista tenha que tirar bastante o pé para o veículo entrar em movimento.

Aprendizes de motoristas normalmente têm dificuldade de controlar a embreagem e esquecem de pisar no pedal, o que faz o carro morrer. Além disso, há a dificuldade na hora de arrancar em subidas mais íngremes.

Leia também: Seminovo básico ou usado completo? Qual é melhor?

Veja agora como cuidar da embreagem do seu carro:

– Ao subir ladeiras íngremes, evite segurar o carro na embreagem. Pise no freio e, se for necessário, use o freio de mão.

– Se o carro estiver em alta velocidade e for necessário reduzir drasticamente, você deve frear e reduzir a velocidade e só depois acionar o pedal da embreagem e reduzir a marcha.

– Ao ficar parado em semáforos, por exemplo, nunca mantenha o pé sobre a embreagem, segure o carro no ponto morto e no freio.

– Pise no pedal da embreagem somente no momento da troca de marcha, nunca ande com o pé sobre ele.

– Evite subidas muito íngremes ou terrenos muito escorregadios, a não ser que o seu carro seja um 4 x 4. Esse tipo de terreno força demais a embreagem do veículo.

Mesmo mantendo esses cuidados, deve-se ficar atento a alguns sinais de que é hora de fazer a manutenção:

  • A embreagem ficou dura de repente;
  • Aparecerem barulhos ou ruídos nas trocas de marcha;
  • O veículo patina para arrancar de primeira;
  • A embreagem ficou alta.

Se perceber alguma dessas falhas no seu sistema de embreagem, procure imediatamente uma oficina autorizada ou o seu mecânico de confiança.

Leia também: Como a consulta veicular te ajuda a escolher um carro usado ou seminovo?