Logotipo Olho no Carro

Confira o Top 10 carros 1.0 mais vendidos em novembro de 2021. 

Quer comprar um carro usado? Consulte o histórico antes de negociar! 

Essa é a melhor forma de evitar golpes e problemas! 

Leia também: Por que é importante fazer a consulta veicular? 

Confira o Top 10 dos carros 1.0 mais vendidos em novembro de 2021! 

Para montar essa lista, consideramos somente as vendas das versões 1.0 de cada modelo. 

10 – Volkswagen Nivus – 489 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

O VW Nivus passou perto de sair do Top 10 dos mais vendidos depois de uma queda acentuada no número de emplacamentos. Foram 3.703 unidades vendidas em outubro contra 489 em novembro. 

Além do design, outros pontos fortes desse modelo são o porta-malas, o desempenho, os itens de série e a tecnologia embarcada. Mas ele perde alguns pontos com relação ao acabamento, ao espaço interno e ao consumo. 

9 – Fiat Mobi – 524 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

Outro carro que vendeu pouquíssimo neste mês foi Fiat Mobi. Foram 2.988 unidades vendidas em outubro e somente 524 em novembro. 

Esse modelo é fácil de manter, econômico (na maioria dos casos), além de ter uma mecânica confiável, mas tem alguns pontos negativos, segundo a opinião dos próprios donos, que são o acabamento interno, a lista de equipamentos e o tamanho do porta-malas. 

8 – Volkswagen T-Cross – 895 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

As vendas do T-Cross despencaram e, consequentemente, ele saiu do segundo para o oitavo lugar do ranking. Foram 6.008 emplacamentos em outubro contra apenas 895 em novembro. 

Esse modelo costuma ser muito elogiado pelo conjunto mecânico, pela dirigibilidade e pelos itens de segurança, mas perde pontos no preço, no espaço interno e no acabamento (que é, na maior parte, em plástico rígido). 

7 – Chevrolet Onix – 1.609 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

O Onix, que costumava estar no pódio dos mais vendidos, desceu da quarta para a sétima posição no ranking. Foram 5.349 emplacamentos em outubro contra apenas 1.609 em novembro. 

Entre os principais pontos fortes desse modelo estão o design, o desempenho e o câmbio, mas ele perde muitos pontos pelo acabamento interno, pelo espaço do porta-malas e pela posição de dirigir. 

6 – Hyundai HB20 – 1.878 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

O HB20 se manteve no sexto lugar, mas sofreu uma queda significativa nas vendas de um mês para o outro. Foram 3.835 emplacamentos em outubro contra 1.878 em novembro. 

Apesar disso, no geral, os brasileiros gostam muito do custo/benefício desse modelo e estão até se acostumando com o design “diferentão” dos últimos anos.  

Os principais pontos fortes do HB20 são a estabilidade, a suspensão e o motor. Já entre os pontos fracos, podemos citar o acabamento interno e o espaço do porta-malas. 

5 – Renault Kwid – 2.375 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

Mesmo com queda nas vendas, o Renault Kwid saiu da décima para a quinta posição da lista. Isso se deve à queda acentuada da venda da maioria dos rivais. Foram 2.655 emplacamentos em outubro contra 2.375 em novembro. 

Entre os principais pontos fortes desse carro estão o design, o consumo e do tamanho do porta-malas. Por outro lado, esse modelo perde muitos pontos com relação ao sistema de freios, ao acabamento e, principalmente, à suspensão. 

4 – Chevrolet Tracker – 2.516 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

Mesmo com um número de emplacamentos bem mais baixo, o Chevrolet Tracker subiu do quinto para o quarto lugar. Foram 4.151 unidades vendidas em outubro contra 2.516 em novembro. 

Os principais pontos fortes desse modelo são o design, o desempenho e o câmbio, mas ele deixa a desejar no acabamento interno, na posição de dirigir e no consumo. 

3 – Fiat Argo – 3.445 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

O Fiat Argo passou do primeiro para o terceiro lugar no ranking, devido a uma queda brusca no número de vendas. Foram 7.214 emplacamentos contra 3.445 em outubro. 

Segundo os donos desse carro, os principais pontos fortes são o design, os equipamentos de série e a tecnologia embarcada e os pontos fracos são o câmbio, o desempenho e o motor.  

2 – Hyundai Creta – 3.586 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

As vendas do Creta diminuíram, mas mesmo assim, ele subiu uma posição no ranking dos mais vendidos. Foram 5.492 vendas em outubro contra 3.586 em novembro. 

Esse carro tem um ótimo espaço interno, um porta-malas ideal para quem gosta de viajar, além de ótimos equipamentos de série, mas é alvo de reclamações por causa do baixo desempenho, do alto consumo de combustível e do câmbio. 

1 – Volkswagen Gol – 4.003 emplacamentos 

*Imagem retirada de banco de dados público digital

As vendas do Gol subiram bastante e, graças a queda nas vendas da maioria dos rivais, ele saiu do oitavo para o topo da lista dos carros 1.0 mais vendidos. Foram 3.030 vendas em outubro contra 4.003 em novembro. 

Os principais pontos fortes do VW Gol são o motor, o consumo e o câmbio, mas ele perde alguns pontos em acabamento interno, tecnologia embarcada e posição de dirigir. 

Clique aqui e confira o Top 10 de outubro!