Logotipo Olho no Carro

As revisões periódicas de veículos são uma das garantias de uma direção segura. Sua principal função é o diagnóstico de algum problema do automóvel e, a maioria das montadoras, recomenda que essa revisão seja feita a cada 10 mil quilômetros ou a cada seis meses de uso, o que vier primeiro.

Um veículo que não recebe esse tipo de cuidado, consequentemente, têm o seu tempo de vida e seu valor de venda diminuído de forma considerável. Saiba mais!

O que é feito nas revisões peri´´odicas?

Durante a revisão periódica, os itens básicos de segurança são analisados em seu estado de conservação e funcionamento. Confira quais são os itens verificados pelo mecânico responsável durante esse procedimento:

1 – Água do radiador

A falta de água no radiador, ou seu baixo nível, pode acarretar o aquecimento do motor, provocando danos que, muitas vezes, são irreparáveis.

2 – Óleo do motor

O óleo desempenha o papel de lubrificar e refrigerar o motor. Sua troca deve ser realizada, pelo menos, uma vez por ano.

3 – Pneus

Os pneus possuem um marcador de desgaste. Quando a superfície do pneu estiver no nível do marcador, significa que ele já chegou ao seu tempo limite de uso e deve ser trocado.

4 – Filtros de combustível, de ar e do ar-condicionado

Essas três peças desempenham o papel de limpeza e devem ser trocadas a cada 15 mil quilômetros rodados.

5 – Alinhamento e balanceamento

O alinhamento ajusta os ângulos das rodas, auxiliando o motorista a não perder o controle do carro, principalmente em curvas, enquanto o balanceamento faz com que as rodas girem sem vibrações, evitando trepidação do volante, bancos, painel de acessórios e piso do carro.

6 – Parte elétrica

É verificada a situação da bateria, motor de arranque, alternador e todos os fusíveis.

7 – Luzes e faróis

Todas as luzes e faróis do veículo são testados. Caso algum deles esteja queimado, um eletricista deve realizar a troca.

Você pode se interessar por estes assuntos também:

Quando devo fazer as revisões no veículo?

Como dissemos anteriormente, as revisões periódicas devem ser feitas a cada 10 mil quilômetros rodados ou a cada seis meses de uso.

É importante respeitar esse período e não sustentar o hábito de ir até a oficina mecânica somente quando o veículo apresenta um problema pontual.

E quando o carro fica parado por um longo período de tempo?

A necessidade de revisar o veículo a cada seis meses também vale para aqueles que estão parados.

Trafegar distâncias longas com um automóvel que ficou fora do uso por meses, ou até mesmo anos, pode fazer com que ele fique parado no meio do caminho, ou originar algum tipo de problema no veículo.

Dicas de cuidados diários:

Algumas medidas simples são essenciais para a conservação do seu veículo:

  • Cheque sempre os níveis de água e de óleo (com o motor frio, para prevenir acidentes);
  • Verifique a calibragem dos pneus;
  • Evite abastecer em postos de gasolina que você não conheça a procedência, para não correr o risco de encher o tanque do carro com combustíveis adulterados.